[Total: 0    Média: 0/5]

|

Estresse: quais os tratamentos mais indicados para quem sofre desse mal?

A International Stress Management Association (Isma) divulgou uma pesquisa recente que aponta: o Brasil é o segundo país mais ‘estressado’ do mundo. Apesar de não ter apenas uma causa específica, esse mal é cada vez mais comum na sociedade. Dessa forma, deve-se conhecer os tratamentos mais indicados para o estresse.

Alguns podem ser feitos com atitudes básicas do dia a dia. Outros, precisam não apenas de acompanhamento médico, como também psicológico. Em determinados casos, fármacos podem ser prescritos. Para falar mais sobre isso, preparamos este artigo sobre estresse, elencando quais os tratamentos mais indicados para quem sofre desse mal.

Hábitos saudáveis

A grande parte de problemas com estresse vem de hábitos irregulares, que nos sabotam. Por isso é preciso criar uma rotina que priorize a saúde, um tratamento próprio que envolve algumas mudanças de vida. Entre as principais estão:

  • Alimentação saudável, evitando alimentos prejudiciais;
  • Dormir bem e com um horário regular;
  • Praticar esportes e/ou atividades físicas;
  • Eliminar o consumo do álcool e se livrar do tabagismo.

Com essas quatro práticas, o seu corpo já estará mais preparado para situações de estresse. Contudo, é preciso também aplicar outros tratamentos para melhores resultados.

Psicoterapia

Psicoterapeutas são ótimos aliados no combate ao estresse. Isso porque, muitas vezes, a origem do problema é emocional, necessitando que um especialista em psicoterapia mostre o que está afetando o controle emocional e psicológico.

Além disso, ele pode apresentar métodos para relaxar quando surgirem sintomas do estresse. Não deixe de experimentar a psicoterapia: muitas vezes ela é o único tratamento para encontrar a raiz desse mal tão comum em nossos dias.

Medicamentos

Antes de falar sobre mais um tratamento, vale uma importante ressalva: nunca utilize medicamentos que não sejam prescritos pelo médico. Em caso de estresse, a automedicação pode afetar o organismo – gerando crises ainda piores.

Há uma série de substância receitadas pelos médicos que ajudam no combate do estresse. Entre os principais estão os inibidores de determinados hormônios que causam o problema. Betabloqueadores, sedativos e antidepressivos, de acordo com o caso, ajudam efetivamente a tratar o estresse.

Remédios naturais

Outras substâncias naturais também ajudam a controlar os níveis de estresse do corpo. O chá preto está entre os principais, assim como a erva-cidreira, a camomila entre outras. O famoso ‘chá calmante’ da sua vó pode ser um complemento no tratamento do estresse, principalmente quando não há outras opções disponíveis no momento.

Lazer e diversão

Sim: dedicar um tempo para ficar com a família ou os amigos é, em vários casos, o melhor (e único) tratamento necessário. Isso porque grande parte dos problemas de estresse são causados pela má gestão de tempo, falta de contato humano ou ficar sem as famosas férias – não pense duas vezes em dar mais tempo para você mesmo.

Peça ajuda

O último e mais negligenciado tratamento: pedir ajuda. Seja para um especialista ou para alguém que confie, o simples ato de externalizar as emoções já é o primeiro passo para tratar o estresse. Lembre-se sempre de que esse mal pode trazer graves consequência à saúde, além de avançar para doenças que poderiam ser evitadas com um pedido de ajuda.

Conheça nosso sites: visite Natulab Institucional e Seakalm para produtos e informações.