[Total: 0    Média: 0/5]

|

Lufbem: saiba como o medicamento pode tornar-se um aliado do seu intestino

Quem nunca passou por uma situação de desconforto intestinal no trabalho? A combinação da dor, com a vergonha de passar por isso na frente dos colegas, torna a situação ainda pior. E isso fica ainda mais grave para quem passa o dia inteiro sentado trabalhando e convivendo com o problema. Fica até mais difícil de se concentrar. É natural passar por este tipo de problema de vez em quando, mas isso não significa que você precisa conviver com ele. Confira como o Lufbem pode ser o maior aliado do seu intestino nessas situações.

Situações em que o Lufbem é indicado

Sabe quando os gases estão pesando no estômago? Tipo naquela sexta-feira em que seu colega quer ir almoçar um restaurante diferente para aproveitar o fim de semana que está chegando? Você se empolgou um pouco na comida e sua tarde vai ser no sufoco, porque os gases estão dando aquela situação de inchaço, desconforto e até dor.

Então, esta é a exata situação em que o Lufbem é mais indicado, além de qualquer outra que você sinta que os gases estão incomodando.

O Lufbem atua no seu estômago e intestino, diminuindo a tensão dos líquidos, rompendo e impedindo a formação de bolhas por conta dos gases. Essas bolhas que são as responsáveis pela dor e pela flatulência na hora errada, e o remédio ajuda a eliminar ambas.

E as únicas contraindicações são em casos de distrações intestinais mais graves, que durem mais de 36 horas, ou caso você tenha alergia a algum dos componentes ativos do produto.

O que pode causar os gases?

Ter um Lufbem sempre perto de você é importante, porque você nunca sabe o que pode causar os gases. Todo mundo produz gases o tempo todo, isso é parte do nosso sistema digestivo, mas o excesso é o que causa estes problemas.

Existem, basicamente, dois tipos de gases que podem ser bem chatos: os estomacais e os intestinais.

Os estomacais são mais fácies de entender. Eles resultam do ar que é ingerido junto com a comida, quase sempre despercebidos e, na maioria das vezes, enquanto falamos.

os gases no intestino, surgem por conta dos alimentos que são “fermentados” pelas bactérias do estômago. Por exemplo, o feijão, ovos, batata, alho, cebola e outros, contribuem bastante para o aumento dos gases.

Ou seja, aquele almoço de sexta-feira, com todo mundo conversando e comendo bem? É uma receita perfeita para ter gases.

Para evitar esse problema, evite tomar refrigerante e, se der, tome um chazinho para complementar a refeição e facilitar a digestão. E se você ficar sentado a tarde toda, procure se movimentar um pouco de tarde, também para tornar o processo digestivo mais fácil.

E é claro, sempre tenha um Lufbem com você. Se sentir o problema chegando, basta tomar umas gotinhas que você sente um alívio imediato dos sintomas dos gases.

E sabe aquela farmacinha do escritório? Aquela gaveta ou caixinha que tem alguns remédios? Vale a pena deixar lá um Lufbem também, para quem precisar. Seu intestino e seus colegas agradecem.

Percebeu como o Lufbem pode ser o parceiro do seu intestino? Quer conhecer mais? Então, acesse o site da Natulab e conheça mais sobre o produto!